quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Fondue Chinês

Esta é uma adaptação minha ao fondue chinês. Em mandarim eles chamam "huo guo": "huo" é fogo, e "guo" é panela. Não é um idioma simples? É uma comida ótima para dias frios, no final a gente está suando, e mesmo com neve lá fora, que é o meu caso, a gente acaba abrindo a porta de tanto calor...

Funciona assim: se faz um caldo com água e alguns condimentos. Se espalha alguns vegetais e carnes ao redor da panela, e os comensais vão colocando esses ingredientes dentro da sopa, ao cozinhar se retira os mesmos, que podem ser consumidos com ou sem molho. Na China nós compramos molhos prontos no supermercado, mas nos Istates a gente inventa nosso próprio molho. Abaixo está a receita de um, similar ao que a minha amiga chinesa faz em sua casa pra gente quando vamos lá. Porém eu eliminei completamente os ingredientes chineses que não são fáceis de encontrar, e substituí por outros mais conhecidos do mundo ocidental.

No caldo da sopa que fizemos em minha casa, e também no que fazemos quando vamos a casa da minha amiga Cindy, colocamos um pacote de condimentos próprio para o fondue chinês. Como não sei se é possível encontrá-lo no Brasil (ou em Portugal), vou sugerir outras coisas. De qualquer forma, o sabor da sopa vai incrementando à medida em que vamos cozinhando as carnes e verduras, de modo que, mesmo usando um caldo simples com ingredientes ocidentais, acredito que vai ficar gostoso.



Caldo para a "sopa" do fondue:

Ingredientes:

1 colher de sopa de óleo ou azeite
1 dente de alho picado
aproximadamente a mesma medida de gengibre cortado em fatias
caldo de galinha dissolvido em água quente, suficiente para a panela de fondue (mais um pouco para colocar quando o nível do mesmo baixar, quando estiver comendo)
1 ramo de salsinha
2 ou 3 cebolinhas
1 folha de louro

Preparar:

Levar a panela do fondue ao fogo (no fogão) com o óleo ou azeite e acrescentar o alho e o gengibre. Fritar por 1 minuto.  Acrescentar o caldo, a salsinha e as cebolinhas. Adicionar a folha de louro. Levar à fervura. Transferir para o fogo do fondue (na mesa onde se vai comer).


Molho para o fondue chinês:

Ingredientes (para 2-4 pessoas):

4 dentes de alho, picados
5 colheres de sopa de manteiga de amendoim (peanut butter)
1 colher de sopa de molho de soja (shoyu)
1 colher de sopa de suco de limão
1/2 xícara (120 ml) de óleo de canola
2 colheres de sopa (30 ml) de óleo de semente de gergelim
1 colher de chá de alcaparras bem picadas

Preparo do molho:

Misturar tudo em um recipiente, com uma colher. Está pronto.




molho picante pronto

Sugestões de Carnes e Vegetais para o Fondue:

Acelga
Couve Chinesa (chamado Bok choy ou Pak choy, em inglês)
Espinafre
Brotos de feijão
Cogumelos (frescos)
Milho (no sabugo, em pedaços)
Tofu firme, cortado em cubinhos

Kani Kama, cortado em cubos
Filé ou Contra Filé, cortado bem fininho (quase como carpaccio)
Camarão sem casca e sem cabeça (cru)
Filés de peixe, cru.
Frango, cortado em tirinhas finas.
Carne de carneiro em tirinhas finas.




Adicionar também um tipo de massa de macarrão:
macarrão "transparente" (seguir instruções do pacote, normalmente tem que deixar de molho em água quente por alguns minutos).
"Udon".
Se não encontrar um dos acima, usar "miojo" (sem o saquinho de tempero).

bok choy ou couve chinesa

Bom, esta é minha versão do fondue chinês. Para quem quiser saber mais, pode ir na Wikipedia (inglês). Um dia falo o que sei da modalidade japonesa, o "Shabu shabu", que também já experimentei e fiz, porém não tenho fotos, de modo que vou ter que fazer de novo (só em pensar já me dá água na boca).

2 comentários:

  1. Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes pratos tão bem confeccionados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
    Cumprimentos a todos!

    http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ola, Joel
    Li o post no seu blog e fiquei comovida com a sua maneira de escrever e de falar da sua "sorte" de morar sozinho e ter que encarar o ato de cozinhar. Eu não sabia fazer nada na cozinha, mas estou tentando há alguns anos, e finalmente consigo fazer umas coisinhas legais, tirar fotos e "ensinar" aos amigos... (quem aprende ensina). Já pensei também como você, até com coisas simples eu errava (em Pernambuco todo mundo sabe fazer cuscuz, eu consegui fazer um que não levava água, ficou duro e seco...).
    Mas seja bemvindo e me ajude a melhorar o conteúdo do blog. Se não gostar de algo, diga também... Um abraço, sorte no seu blog.

    ResponderExcluir